Partilhar

Consumos em Standby

Os consumos em standby representam cerca de 10% da sua fatura de energia.

Como reduzir o consumo em standby dos seus equipamentos?

O consumo em standby é a energia consumida pelos vários equipamentos elétricos quando estes se encontram em modo de espera, ou seja, quando são desligados através do comando remoto.

Neste modo de funcionamento, os equipamentos não se encontram totalmente desligados e aguardam por o comando que os “desperte” novamente . Estes consumos são considerados perdas de energia, uma vez que a energia que está a ser utilizada pelos equipamentos não está a ser utilizada para que o equipamento desempenhe a sua função principal, ficando o equipamento com um botão iluminado indicador do modo de standby.

No entanto, existe também o off-mode ou consumo fantasma, em que o equipamento apresenta consumo de energia sem desenpenhar a sua função principal função e sem indicação visível de algum consumo.

Apresentamos algumas soluções para monitorizar e controlar estes consumos.

Consumos em standby

Os consumos em standby na sua casa podem representar até 10% da sua fatura de eletricidade.

Tomada com interruptor

A aquisição de uma tomada com interruptor representa um investimento de, cerca de, 15€ e permite anular o consumo em standby de todos os equipamentos nela ligados.

Poupança

A instalação de tomadas com interruptor, numa fatura anual de 500€, pode reduzir a sua fatura de energia em 50€/ano.

Outras dicas
  1. Existem no mercado tomadas inteligentes “Auto Power Off Plug”, que desligam automaticamente os equipamentos, quando estes não estão a desempenhar a sua função principal.
  2. Evite comprar equipamentos com mostradores elétricos com funcionamento constante, como, por exemplo, micro-ondas ou forno de cozinha com relógios.
  3. Os equipamentos com o rótulo Energy Star apresentam inferiores consumos em standby.
  4. Utilize uma tomada com contador (ou um multímetro), de forma a confirmar quais os equipamentos que apresentam consumos de stand-by ou off-mode e verificar os respetivos valores.
Etiqueta Energética

A União Europeia estabeleceu requisitos de conceção ecológica para todos os fabricantes e fornecedores que pretendam vender produtos que consomem energia eléctrica em modo standby e power-off na UE. Equipamentos como computadores, TVs, equipamentos de áudio e vídeo, lava-louças, fornos de microondas e brinquedos elétricos,  pode ter modos de standby. Desde 2009, esses dispositivos são obrigados a mudar para um modo de baixa energia após um período de tempo razoável.

A partir de 2013, estabeleceu-se que esses não devem consumir mais de 0,5 Wh no modo standby . A aplicação Essas regras reduziram o consumo anual de eletricidade em cerca de 35,5 TWh por ano – o equivalente ao consumo anual de energia da Romênia.Isso economizou 25 bilhões de euros por ano para os consumidores e 39 milhões de toneladas de emissões de CO2.

No entanto, os equipamentos atuais (televisores, routers, modems, impressoras de rede e consolas de jogos) estão cada vez mais conectados à internet durante o modo de espera, consumindo maiores quantidades de energia. deste modo, em 2013 foram definidos requisitos específicos para o consumo em standby de dispositivos conectados à rede. Esses requisitos foram revistos em janeiro de 2017,e desde então os dispositivos em rede não devem consumir mais de 3 a 12 Wh em standby (dependendo do produto), substituindo os requistos definidos anteriormente de 20 a 80 Wh.